Menu

Pilates

Pilates

Pilates é um método de fortalecimento e alongamento realizado através de exercícios físicos que se utilizam do peso do próprio corpo em sua execução.

É uma técnica de reeducação do movimento, composta por exercícios profundamente alicerçados na anatomia humana, capaz de reestabelecer e aumentar a flexibilidade e força muscular, melhorar a respiração, a concentração e a coordenação, corrigir a postura e prevenir lesões.

pilates em grupo

Você poderá sentir o organismo se fortalecer e os níveis de estresse diminuir. Perceberá que a postura, a coordenação, o equilíbrio e o alinhamento melhoram, propiciando uma sensação de autoconfiança. Finalmente, o fortalecimento dos músculos abdominais centrais.

Studio de Pilates
×
Nosso Studio :)
Foco do Pilates - Qualidade de vida, consciência corporal, respeito e integração plena corpo-mente.

Origem do Método Pilates

Elaborado em 1920 pelo alemão Joseph Pilates, teve diversas influências como yoga, zen budismo, artes marciais e exercícios praticados pelos antigos gregos e romanos.

Pensando no principio “mente sã e corpo são”, Joseph criou uma atividade física baseada em seis principios básicos: respiração, concentração, controle, alinhamento, centralização e integração de movimentos.


Pilates também inventou muitas máquinas para fazer exercícios. Na criação dos aparelhos ele aproveitava partes dos amortecedores dos carros alemães, isso durante a 1ª Guerra Mundial, após o fim da guerra e com a Europa toda destruída, ele mudou-se para Nova York, onde aperfeiçoou sua técnica e suas máquinas.


Bem executada e orientada, não traz impactos nocivos para as articulações, ligamentos e musculatura. Qualidade de vida, consciência corporal, respeito e integração plena corpo-mente são o foco desse método.

Cadillac: aparelho utilizado para os exercícios aéreos. Permite fazer mais de 200 exercícios.
Barrel: formado por meio barril almofadado, ligado a um espaldar.
Combo Chair: aparelho usado para exercícios de sustentação postural.
Reformer: O primeiro equipamento construído por Pilates.

O Profissional

O Método deve sempre ser aplicado apenas por fisioterapeutas ou educadores físicos, através de aulas que usualmente têm duração de 1 hora em solo com ou sem acessórios ou aparelhos próprios.

A procura por Exercícios Pilates é muito grande, isso porque o foco do método Pilates é a melhora da saúde, a busca do bem-estar e de maior qualidade de vida, unindo o corpo e a mente, e isso é exatamente o que as pessoas procuram no dia de hoje.


Inicialmente estimulamos o fortalecimento da primeira fraqueza das pessoas: os abdominais, através do centro de força, local em que a força para os movimentos deve ser acionada.


Os profissionais que utilizam a técnica de Pilates devem intuir quando é a hora certa de avançar no programa de treinamento, conscientes das necessidades e habilidades de seus alunos.


O professor deve dispor de um bom conhecimento em anatomia, biomecânica e cinesiologia, para oferecer as bases teóricas necessárias para a correta interpretação e aplicação do Método Pilates.

Princípios do Pilates

Respiração

Pilates afirmou que antes de qualquer benefício que possa ser alcançado com o uso do método a pessoa necessita aprender a respirar corretamente. Esclareceu que a respiração correta seria a completa inalação e exalação de ar.


Concentração

Concentrem-se nos movimentos corretos cada vez que você executar os exercícios, para que você não faça compensações e nenhum exercício impropriamente.


Centralização

Os treinamentos básicos com os exercícios do Método Pilates requerem suporte e controle do tronco em conjunto com movimentos dinâmicos das extremidades. Centralização e equilíbrio estão sempre envolvidos.


Método Pilates (1998) enfatizou o alto índice de pessoas que apresentam curvatura anormal da coluna. Escreveu sobre a importância de preservar a curvatura normal para que se mantenha um bom equilíbrio do corpo, o que poderia ser obtido com o fortalecimento do centro de força, flexibilidade e alinhamento postural.


Pilates e a Saúde

Efeitos benéficos dos exercícios do Método Pilates em seu sistema cardiovascular.

Com a prática dos exercícios do Método Pilates, ocorre aumento dos batimentos cardíacos, fazendo que a corrente sanguínea dirija sangue “puro” e “fresco”, ou seja, rico em oxigênio, para todas as fibras musculares e importantes veias capilares, aumentando a oferta normal e natural do sangue que irá percorrer o cérebro, resultando em estimulo para as funções mentais.


Adquirir a boa forma física não significa ter que realizar séries de exercícios mecanizados e repetidos exaustivamente, mas buscar o prazer e a satisfação em movimentos dinâmicos, diferentes, graciosos e divertidos.


No Método Pilates, busca-se o resgate dos movimentos naturais, da flexibilidade, da graça natural e das habilidades da infância, desenvolvendo a força muscular com paciência e capacidades correspondentes às tarefas diárias, resistindo ao cansaço corporal.


O Método Pilates busca a visão de unidade do homem, de modo que ele não seja visto apenas como um objeto científico, um conjunto de órgãos, músculos e ossos, uma vez que o homem é um ser com sentimentos, pensamentos e ações.


Os movimentos realizados durante uma sessão de Pilates são portadores de um sentido para o aluno, esse se conscientiza das transformações e benefícios que ocorrem durante cada movimento, quando o instrutor procura transmitir a característica lúdica e prazerosa, sem extrapolar os limites naturais dos movimentos.


O corpo humano, felizmente, está adaptado para aguentar muita negligencia. Mas não devemos, por isso, sobrecarregá-lo além dos seus limites naturais.


Desta forma, desde a Idade Moderna nós precisamos dedicar mais tempo e atenção a importante questão de se adquirir a boa forma física.

Aula de Pilates
Aula de Pilates

Pilates para Idosos

Os benefícios do Pilates na terceira idade vão desde o alívio das dores provenientes da idade até melhora da auto-estima.

São muitos os benefícios proporcionados pelos Exercícios Pilates aos idosos: alívio da dor, maior percepção dos movimentos, fortalecimento muscular, maior equilíbrio, aumento da flexibilidade, alívio do estresse, entre outros.


A grande vantagem está na melhora da auto-estima do praticante do Método Pilates, uma vez que ele consegue realizar uma série de exercícios físicos que até então não se julgava capaz.


A arte do Pilates prova que a sua idade não é medida em anos, ou como você acha que você se sente, mas sim pela flexibilidade normal da sua coluna ao longo da sua vida.
Joseph Pilates

Pilates para Gestantes

É um programa adaptado a partir dos conhecimentos existentes do método criado por Joseph.

Sendo assim, são retiradas do repertório todas as contra-indicações e tomadas às precauções essenciais para que a prática torne-se segura.


O nosso grande diferencial é a escolha minuciosa dos exercícios que podem ser executados com segurança.


Nessa perspectiva de cuidados diferenciais observamos que os exercícios feitos na posição supina, ou seja, deitada de barriga para cima, devem ser utilizados com cautela principalmente a partir do 4 mês de gestação.


Além disso, algumas intercorrências podem acontecer como a diástase dos retos abdominais, que é a separação dos músculos do abdome, e isso exige uma modificação importante no tipo de abdominais escolhidos.

Pilates para gestantes

Várias são as particularidades, portanto cada trimestre gestacional exige um programa específico.


O Pilates é um sistema de exercícios complexos e quando utilizado integralmente na gestação pode trazer riscos à praticante. Portanto, não basta você procurar um profissional que ensine o método. É necessário que o profissional domine a especificidade do exercício físico na gravidez.


Alguns cuidados:


No primeiro trimestre (3 primeiros meses) de gestação, o feto está se fixando no útero e nesse período deve-se evitar um esforço abdominal grande e saltos. Existe um risco muito grande de aborto durante esse tempo, e muitos médicos aconselham a evitar qualquer atividade física.


Deve-se sempre perguntar antes ao seu médico, se você está liberada para a atividade. Sangramento vaginal, descolamento prematuro da placenta e hipertensão também são algumas contra indicações para a prática.


Outra informação importante é de que a partir do terceiro trimestre (7º mês), deve-se evitar deitar-se “de costas” por um período prolongado, pois o peso do feto pode pressionar a veia cava diminuindo a pressão arterial, faltando assim oxigênio para a mãe e para o feto podendo ocasionar desmaios ou vômitos.

Pilates para gestante

Pilates para Gestantes ajuda no fortalecimento do assoalho pélvico, fortalecimento da musculatura abdominal, fortalece membros superiores e inferiores, prepara o corpo da gestante para as mudanças posturais (mudança de centro de gravidade e aumento da lordose lombar) diminuindo a sobrecarga da coluna e principalmente ajudando a manter o equilíbrio que pode ficar prejudicado devido á instabilidade do quadril que está se preparando para a hora do parto; os ligamentos ficam mais frouxos e é comum ocorrer problemas de pinçamento do nervo ciático.


Ajuda também na perda óssea, melhora a circulação e a capacidade respiratória, promovendo flexibilidade e relaxamento para a futura mãe proporcionando bem estar físico e mental e melhora da qualidade de vida.


A respiração exigida no Pilates e o controle corporal também ajudam no parto, através da melhora da capacidade de contração e relaxamento do assoalho pélvico na hora da expulsão do bebê.


O fortalecimento do membro superior que também é focado no Pilates para gestantes, facilitando na hora de amamentar, e quando for carregar o bebê, pois fortalecemos o trapézio (músculo do pescoço responsável pelas dores de ombro e cervical).


Muitas mães sofrem devido ao peso do bebê, por fraqueza nos membros superiores, usam muito os braços, pescoço projetando a barriga pra fora para apoiar o bebê, aumentando assim as dores cervicais e lombares.



Ficou com alguma dúvida?


Converse conosco!




Pilates no Pós-Parto

Quem fez Pilates ou qualquer outra atividade física antes do nascimento do bebê tende a ter uma recuperação no pós-parto mais acelerada.

A volta às atividades varia de pessoa e irá depender da forma do parto: normal ou cesária. No parto normal as mães tendem a sair do hospital com o mínimo de desconforto.


Já a cesária, logo após o fim do efeito da anestesia, a dor do corte irá limitar um pouco os movimentos por alguns dias e deve-se evitar carregar peso ou realizar a contração abdominal até a cicatrização dos pontos internos e externos.


Nesse caso, a média de recuperação varia entre 30 e 40 dias. O Pilates deverá começar somente a partir deste momento para evitar hemorragias internas.


Se quiser emagrecer rápido: AMAMENTE!!!
Verá com que rapidez o corpo vai voltar a antiga forma se você amamentar o seu filho e ele agradece!


Ao retornar ao Pilates comece gradualmente, respeite o seu corpo, tenha uma alimentação saudável e faça uma atividade cardiovascular.


As aulas podem ser individuais ou em grupos, com duração de uma hora, de uma a três vezes na semana, de acordo com os objetivos e condicionamento da gestante.


Pilates para gestantes
A aptidão física é o primeiro requisito da felicidade.
Nossa interpretação da aptidão física é a obtenção e manutenção de um corpo uniformemente desenvolvido com uma mente sã plenamente capaz de, natural e facilmente, realizar satisfatoriamente as nossas muitas e variadas tarefas diárias com entusiasmo espontâneo e prazeroso.
Joseph Pilates
clicking on ".explore" toggles class "close" on "target" clicking on ".explore" toggles class "open" on "nav"