Espaço Saúde e Vida

Voltar



Celulite


Fibro Edema Gelóide, polularmente conhecida como “celulite”, é uma alteração da pele que adquire um aspecto em forma de “casca de laranja” com depressões irregulares sendo que os locais mais afetados são as coxas e região glútea. Também são afetados em menor intensidade, a panturrilha, os braços e o abdome.


Há diversos fatores que causam uma predisposição a celulite, como: causas genéticas, idade, sexo, desequilíbrio hormonal, estresse, fumo, sedentarismo, perturbações metabólicas e maus hábitos alimentares.


O fibro edema gelóide é classificado em três graus:

Grau I:
Só é visível através de uma contração voluntária da região ou entre os dedos.
Grau II:
As depressões são visíveis mesmo sem compressão ou contração. Já há alteração de sensibilidade local.
Grau III:
As depressões já são vistas com o indivíduo em qualquer posição. A delimitação do corpo já não é mais a mesma devido as deformidades que a celulite forma. A pele fica enrugada e flácida. As fibras do tecido conjuntivo já estão quase todas danificadas e a sensibilidade a dor é grande. É o estágio mais grave e considerado com poucas chances de cura.

Dicas

Para evitar o aparecimento ou melhorar a celulite:

  • Drenagem linfática é uma boa saída para quem tem muito edema. O edema congestiona o líquido entre os tecidos podendo formar o fibro edema gelóide.

  • Roupas apertadas favorecem o aparecimento das celulites, devido a compressão que essas roupas fazem no tecido.

  • A postura deve ser cuidada, pois a má postura pode levar a compressão dos linfáticos cavo poplíteo e inguino-crural, consequentemente congestionando o tecido.

  • Hábitos tóxicos, principalmente o fumo favorecem o aparecimento da celulite.

  • Sobrepeso é outro fator de risco para a patologia por também comprimir os linfáticos.

Studio de Pilates
×
Resultados da Drenagem Linfática

clicking on ".explore" toggles class "close" on "target" clicking on ".explore" toggles class "open" on "nav"